Ações da Petrobras caem 8% após intervenção no preço do diesel

A medida foi vista com preocupação pelo mercado e lembrou o governo da petista Dilma Rousseff, que praticava intervenção de forma sistemática no preços.

As ações da Petrobras fecharam em queda de mais de 8% nesta sexta-feira (12) após o presidente da República, Jair Bolsonaro, pedir à companhia que cancelasse um aumento no preço do diesel.

O pedido de Bolsonaro foi atendido, e o aumento, revogado.

Segundo a InfoMoney, “o aumento foi considerado inoportuno e extemporâneo porque o governo vem monitorando a situação dos caminhoneiros e o momento, de acordo com análise interna, é conflagrado e poderia levar a uma greve igual a que paralisou o Brasil em maio de 2018”.

O resultado da estatal puxou para baixo o Ibovespa. O principal índice da Bolsa brasileira fechou em queda de 1,98%, a 92.875 pontos, no quarto recuo seguido.

É a pior queda em mais de duas semanas, desde 27 de março (-3,57%). É também o menor nível da Bolsa desde a mesma data. Na semana, o Ibovespa acumulou perdas de 4,36%, após duas altas semanais.

Fonte:UOL