Após escândalo da Odebrecht, pedido de impeachment de Toffoli será apresentado no Senado

Ministro Dias Toffoli durante sessão da Segunda Turma do STF para jugar ação penal proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a senadora Gleisi Hoffmann e seu marido, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo.

Apesar da PGR não ter confirmado as informações envolvendo Dias Toffoli e a delação da Odebrecht, o assunto pegou pra valer. O site O Antagonista, mesmo após nota da PGR, não retirou as informações que sugerem que Toffoli era o “Amigo do amigo de meu pai” em relação a Lula (amigo de meu pai).

Com isso, o jurista Modesto Carvalhosa decidiu apresentar um pedido de impeachment do presidente da Corte. segundo ele, “não tem condições de se manter no cargo diante dessas informações gravíssimas”.

Fonte: República de Curitiba Editora/Com informação do Antagonista