Bancada Federal consegue o desbloqueio de R$ 9,8 milhões em emendas para Roraima

O deputado Haroldo Cathedral (PSD-RR) defendeu o desbloqueio dos recursos para Roraima e ressaltou que o Governo Federal necessita ter um olhar diferenciado para o Estado.

Os parlamentares da Bancada Federal do Estado de Roraima participaram de uma reunião, nesta quarta-feira (02), na Câmara dos Deputados, para tratar sobre o descontingenciamento das emendas impositivas de bancada ao Orçamento da União, da ordem de R$ 9,8 milhões, realizado pelo Governo Federal, através do decreto nº 10.028 de 26 de setembro de 2019.

Com o desbloqueio, o limite para cada unidade da Federação passa para R$ 142 milhões. Os parlamentares de Roraima definiram priorizar as emendas das áreas da infraestrutura, saúde e segurança pública. Os recursos liberados possibilitarão a continuidade das obras de drenagem e pavimentação no município de Boa Vista, que contará com o aporte de mais de R$ 4 milhões. A saúde pública do Estado e a segurança pública também foram contempladas com recursos, na ordem de R$ 2,9 milhões para cada pasta.

Na reunião, o deputado Haroldo Cathedral (PSD-RR) defendeu o desbloqueio dos recursos para Roraima e ressaltou que o Governo Federal necessita ter um olhar diferenciado para o Estado, diante do colapso social e institucional vivenciado, nos últimos anos, com a crise humanitária na Venezuela. O parlamentar afirmou que diante do aumento populacional, ocasionado pela absorção dos imigrantes, os recursos destinados para Roraima precisam ser priorizados.

“O fluxo desordenado tem resultado em impactos sociais profundos em nosso estado, que sobrevive a cada dia, com enormes desafios impostos. Registramos o maior crescimento populacional do país, nos últimos seis anos, com um aumento de 20%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Como se trata de um problema que ultrapassa a esfera de atuação estadual, espera-se que o poder público federal assuma de fato protagonismo no enfrentamento deste intenso fluxo migratório”, acrescentou Haroldo Cathedral.

Bloqueio

No mês de marco deste ano, o presidente Jair Bolsonaro editou Decreto nº 9741, bloqueando quase R$ 3 bilhões nas emendas parlamentares. A bancada de Roraima, composta por 11 parlamentares, tinha direito as emendas no valor global de R$ 169, 4 milhões, recursos que sofreram uma redução para R$ 133, 1 milhões. Diante da medida, os parlamentares de Roraima optaram por preservar os investimentos para saúde, educação e segurança pública.

Ascom Dep. Haroldo Cathedral

Foto: Ascom