Brasil pode faturar bilhões com uso comercial de Alcântara

“Pode render mais de U$3,5 bilhões por ano, aumentando a renda para a pesquisa espacial brasileira e para a região do centro espacial”, afirmou Bolsonaro através da rede social Twitter.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou que o uso da base de Alcântara deverá trazer mais de US$ 3,5 bilhões para o Brasil.

Na última quarta-feira (10), o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou que o acordo com os Estados Unidos para utilização da base no Maranhão é imprescindível para que o País entre no mercado global.

Azevedo e Silva afirmou ser necessário que o Brasil siga o caminho de países como Rússia, China e Índia que já assinaram acordos parecidos com o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST).

Para evitar distorções sobre o assunto, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, apresentou alguns adendos importantes:

  • O uso do Centro de Lançamento de Alcântara é somente para fins pacíficos;
  • Os satélites são lançados por veículos lançadores, que podem ser brasileiros, americanos, ou de outros países;
  • Atividades com fins pacíficos. Mísseis estão fora dessa aplicação;
  • O acordo protege a tecnologia americana que estará embarcada nos veículos lançadores ou em satélites;
  • Além do acordo com os EUA será importante assinar acordos semelhantes com outros países.

Fonte:Renova Midia