CCTI Alunos de Boa Vista se destacam na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

As equipes de Robótica do Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) da Prefeitura de Boa Vista participaram neste sábado, 17, da etapa estadual da Olímpiada Brasileira de Robótica (OBR), que aconteceu na Escola Estadual Gonçalves Dias. Eles mostram todo o seu talento e genialidade que lhe rendeu premiação extra.

Foram três equipes do CCTI: Picolino, Zeca Urubu e Jubileu, que  participaram da competição super desafiadora. Os meninos ganharam premiação extra nas categorias Melhor Escola Pública; Inovação, com a equipe Zeca Urubu; melhor Design, com a equipe Picolino e melhor Dedicação conquistada pela equipe Jubileu.

As provas – Nos três rounds seguidos, a tarefa era montar um robô  completamente autônomo, com uma tarefa difícil de resgatar vítimas sem interferência humana em um local pré-determinado.  E tudo isso em cinco minutos.

A aluna e integrante da equipe Picolino, Sophie Lucy Nascimento, 12 anos, ganhou a medalha de Melhor Design. “O design inclui diversos fatores, não somente o modelo do robô, mas sim a melhor formação, adaptação para o tapete e pista do meio. É uma satisfação muito grande ter ganhado essa medalha”.

As mães dos jovens foram as melhores torcedoras e são as maiores incentivadoras dos jovens competidores. A enfermeira Sandra Flauzino, mãe de João Vitor, da equipe Jubileu garante que esse aprendizado é para vida toda.

“É muito importante esse aprendizado, não é somente a participação em um campeonato, é todo um trabalho que eles conquistaram, uma dinâmica dentro de sala, é uma batalha do dia-a-dia deles e chegar hoje para apresentar esse trabalho e isso incentiva a estudar e aprender cada vez mais”.

A técnica do CCTI, Keila Costa, agradeceu a oportunidade e afirmou que o mérito é parte do esforço das equipes. “É muito importante esses destaques para as equipes, pois é mérito e esforço de todos e de toda a dedicação durante esses meses. É uma premiação dada de acordo com a perspectiva de cada equipe e nós ficamos muito felizes e parabenizamos a todos”.

A OBR – A Olimpíada Brasileira de Robótica tem a finalidade de estimular os jovens às carreiras cientifico-tecnológicas, identificar talentos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro.

Participaram do evento ao todo 14 equipes, totalizando 53 adolescentes de escolas públicas e privadas. As equipes da Wscola do SESI venceram no nível 1 e 2 e vão representar o Estado na etapa nacional, nos dias 22 a 26 de outubro, no Rio Grande do Sul.

O projeto – Desde 2016, a robótica é desenvolvida no Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) da Prefeitura de Boa Vista. Trata-se de uma atividade extracurricular que ensina a tecnologia e outros conhecimentos por meio do lúdico e consiste basicamente em elaborar e interpretar programações para os robôs da Lego.

Fonte:SEMUC