Deputado pede policiamento para Vila Equador

Aparteando o deputado Coronel Chagas (PRTB), na sessão de hoje, 14,  o deputado Eder Lourinho (PTC), demonstrou preocupação com a falta de efetivo da Policia Militar na Vila Equador – Sul do Estado. De acordo com ele, em recente visita a localidade foi constatado “in loco” um clima de insegurança e temor da população por falta da presença policial.

Ele apelou para o comandante da Policia Militar para que analise com carinho a possibilidade de destinar efetivo policial o mais breve possível para atender aqueles moradores que vivem apavorados com a falta de segurança. Lourinho lembrou que já existe um prédio do destacamento da PM na vila desde 2017, mas no entanto, nunca foi inaugurado pela instituição.

Outra situação levantada pelo deputado no aparte, foi a ausência de políticas públicas voltadas aos jovens, principalmente aqueles vulneráveis que vivem na ociosidade e aos que já estão envolvidos com drogas. O deputado relatou ainda a preocupação dos moradores com a volta às aulas e a situação caótica das vicinais, que no período do inverno dificulta ainda mais o tráfego de ônibus e do transporte escolar na região.

Energia e internet

A deficiência na energia elétrica e a falta de internet também foram questionados pelo deputado. Ele explicou que o cabo de fibra ótica passa na frente da vila, o que facilita a implantação dos serviços. O parlamentar lembrou ainda que o Equador é o maior produtor de polpas de cupuaçu e pupunha, mas está prejudicado pela falta constante de energia. “Em breve será instalada uma fábrica de beneficiamento de óleo de dendê na vila, o que vai atender em parte as necessidades de emprego e renda da população, mas precisamos de infra estrutura básica para atender essas demandas”, concluiu.

 

Assessoria de Comunicação e Marketing