Escolas estaduais promovem atividades sobre o uso consciente da água

Serão realizadas palestras, apresentação de maquetes além de atividades culturais

Com a intenção de despertar nos estudantes o uso consciente da água, evitando o desperdício, bem como a preservação deste bem tão precioso para a humanidade, as escolas da rede estadual de ensino estão trabalhando o tema em sala de aula.

Na próxima semana serão apresentados os resultados dos trabalhos desenvolvidos com os alunos. O tema vem sendo discutido desde o dia 22 de março, data em que é comemorado o Dia Mundial da Água.

A Escola Estadual Antônia Coelho de Lucena, por exemplo, realizará de 22 a 27 de abril uma programação especial que contará com palestras, concurso de desenhos e de paródias.

As palestras com os temas “A importância da água no dia-a-dia”, “Como preservar este importante recurso natural” e “O consumo consciente da água é a base para um futuro sustentável”, serão ministradas por alunas do 7° ano da escola.

A Escola Estadual professora Antônia Coelho de Lucena está localizada na Rua Vicente Tavares de Melo, n° 539, bairro Silvio Leite e segundo o censo Escolar, atende 612 alunos do Ensino Fundamental (6° ao 9° ano).

A Escola Estadual São José, localizada no Centro da cidade, promoverá no dia 26 de abril a culminância das atividades trabalhadas em sala de aula. Serão apresentações de poemas, poesias, coral, cartazes e maquetes produzidas pelos estudantes. As atividades serão pela manhã a partir das 10h e à tarde a partir das 16h.

Também haverá apresentação de trabalhos com temas como “Poluição das águas”, “Ciclo hidrológico”, “Tipos de nuvens”, “Microorganismos aquáticos”, ”Ciclo de anfíbios”, “Abastecimento, tratamento e descarte adequado da água”, entre outros.

“É muito importante despertar a consciência dos alunos quanto a evitar o desperdício da água, até mesmo dentro da escola. Orientamos a não deixar a torneira das pias dos banheiros abertas, fechando-a corretamente, a encher de forma suficiente o copo de água no bebedouro sem derramar, entre outras situações que eles vivenciam aqui na escola”, destacou Janete Grutka, gestora da unidade de ensino.

Acompanhados dos professores de Ciências e Geografia, os estudantes da Escola São José também realizaram visitas à Orla Taumanam para observar o Rio Branco e estudar temas relacionados às águas.

“Durante a atividade, os alunos puderam observar o ecossistema, estudar o ciclo das águas, a limpeza dos rios e os tipos de seres vivos nas margens do rio”, explicou a coordenadora pedagógica da escola, Maria Cecília Nepomuceno, ao acrescentar que no dia 26 de abril os alunos também apresentarão trabalhos referentes a esta atividade.

A Escola Estadual São José atende 525 alunos no Ensino Fundamental e está localizada na Rua Floriano Peixoto, n° 251, Centro.

MÁGIDA AZULAY KHATAB

Foto: Ascom/Seed

Já a Escola Estadual São Vicente de Paula, promoverá de 22 a 26 de abril uma programação especial no turno matutino das 7h30 às 9h30 e no turno vespertino, das 13h30 às 15h30. Serão realizadas palestras sobre as plataformas de monitoramento da água com técnicos da Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos).

Também haverá exposição para os estudantes, dos equipamentos do Programa QUALIÁGUA (Programa de estímulo à divulgação de dados de qualidade da água).  A Escola Estadual São Vicente de Paula fica na Av. Nossa Senhora da Consolata n° 2772 e atende 492 alunos no Ensino Fundamental (6° ao 9° ano).

PROGRAMAÇÃO – Outras escolas da rede estadual de ensino receberão palestras que serão ministradas por técnicos da UERR (Universidade Estadual de Roraima), Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e Ibama (Instituto Brasileiro do meio Ambiente e Recursos Naturais, fruto de uma parceria com as referida instituições.

A intenção da atividade nas escolas é promover momentos de reflexão sobre o uso consciente da água e incentivar a adoção de práticas sustentáveis. As ações são acompanhadas pela DEA (Divisão de Educação Ambiental e Temáticas) do DEPE (Departamento de Desenvolvimento de Políticas Educacionais) da Seed.

No período de 22 a 26 de abril, no turno matutino, receberão palestras com técnicos da Funasa as escolas Barão de Parima, Dom José Nepote, Conceição Costa e Silva Antônia Coelho de Lucena e América Sarmento.

No dia 25 de abril, no turno vespertino, técnicos da UERR ministrarão palestras na Escola Severino Cavalcante. De 22 a 24 de abril será a vez das escolas Luiz Ribeiro de Lima, Tancredo Neves, Antônio Ferreira e São Vicente receberem a visita de técnicos da Femarh.

E, no dia 26 de abril, serão contempladas com palestras de representantes do Ibama, as escolas Francisca Élzika e Mario David Andreazza.