Estação do Brasil na Antártica será reaberta após oito anos

Nova instalação militar poderá receber até 64 pessoas no continente gelado. Durante a construção, foram mais de 250 operários no canteiro de obras.

Brasil vai inaugurar a nova instalação da EACF (Estação Antártica Comandante Ferraz) na próxima terça-feira, 14 de janeiro. 

A antiga base de pesquisa brasileira pegou fogo em 2012. O novo projeto foi desenhado pelo escritório Estúdio 41, do Paraná, e construído por uma empreiteira da China que saiu vitoriosa da licitação

O nome da estação é uma homenagem ao Luís Antônio de Carvalho Ferraz, comandante da Marinha do Brasil, hidrógrafo e oceanógrafo, que teve papel primordial para convencer o Brasil a desenvolver o PROANTAR (Programa Antártico), informa o portal R7.

Os países que fazem parte do Tratado da Antártica, assinado em 1959, tem a liberdade de exploração científica do continente em regime de cooperação internacional. Estas nações podem ter bases científicas no continente.

Entre todos os locais onde o ser humano pode ocupar no planeta, a Antártica é o menos habitável em termos de condições climáticas e biológicas.

RENOVA Mídia.