Governo de Roraima discute melhorarias na relação comercial com a Guiana

Reunião com a Câmara Brasil-Guiana discutiu pontos para derrubar entraves para o comércio entre os dois Países

O governador Antonio Denarium recebeu nesta terça-feira (14) a diretoria da Câmara Brasil-Guiana no Palácio Senador Hélio Campos. Na reunião, foram discutidos pontos para melhorar a relação comercial entre Roraima e o país vizinho.A Câmara apresentou 15 pontos que dependem do Governo de Roraima ou da influência do governador em Brasília para que essa relação comercial, que já existe, fique ainda mais forte.

Entre os pontos propostos pela Câmara estão baixar a tarifa dos aeroportos para voos de pequeno porte; o fim da exigência do passaporte para entrar no País vizinho, já que a Guiana faz parte do Mercosul e menos burocracia para o tráfego de carros brasileiros na Guiana.Denarium destacou a boa relação entre os dois Países e que algumas negociações entre o Estado de Roraima e o País vizinho já estão em andamento.

“Vamos trabalhar para acabar com esses entraves começando com a Receita Federal, Polícia Federal, Tratado de transporte internacional, fiscalização sanitária e vegetal, todas as ações para o desenvolvimento de Roraima. Estou tratando junto com o Governo Federal para acabar com esses entraves que impedem o crescimento dos acordos comerciais internacionais entre o Brasil e a Guiana”, enfatizou Denarium.

O presidente da Câmara Remídio Monai disse que a pauta apresentada ao governador foi discutida entre a classe empresarial também foi encaminhada ao Itamaraty. Monai lembrou que o País vizinho está crescendo economicamente e o Estado pode participar desse crescimento.

“Temos um fato novo com a Guiana produzindo petróleo e que deve crescer de 20 a 30% ao ano e nós queremos, de alguma forma, participar desse crescimento com a contribuição do nosso País. A reunião foi muito produtiva e nós agradecemos ao governador”, enfatizou.

 

Por EDUMAR JUNIOR

Fotos: Ederson Brito