Leilão do Mafir acontece nesta terça-feira; Codesaima recorre

A decisão que desagradou a companhia foi proferida pelo juiz Jarbas Lacerda de Miranda, da 4ª Vara Civil

A Codesaima (Companhia de Desenvolvimento de Roraima) entrou com um agravo de instrumento na Justiça, contra a decisão que autoriza o leilão do Mafir (Matadouro e Frigorífico Industrial de Roraima) previsto para esta terça-feira, 4, às 10h. A decisão que desagradou a companhia foi proferida pelo juiz Jarbas Lacerda de Miranda, da 4ª Vara Civil.

Roraima 1 apurou que a Codesaima está aguardando o julgamento do recurso, ingressado na sexta-feira, 30, antes do leilão acontecer. Caso contrário, se houver o leilão e o Mafir sendo arrematado, a Comissão Interventora da companhia pretende se reunir com o Governo para decidir sobre os servidores que trabalham no matadouro. No Mafir trabalham 160 servidores, sendo 96 efetivos, 4 comissionados e 61 temporários.

A segunda etapa do leilão do Mafir está prevista para o dia 11 deste mês, também às 10h. A avaliação dos bens, como o imóvel, cozinha, oficinas, caldeira, banheiros, sala de trituração e outros, está estimada em mais de 22 milhões de reais.

Por Portal Roraima 1