Monte Sarmiento, da Aliança, é o maior cargueiro a navegar pelo Rio Amazonas

Navio realiza transporte recorde na região Norte

O navio Monte Sarmiento, que atua no serviço de cabotagem da Aliança Navegação e Logística, é o maior cargueiro a navegar pelo Rio Amazonas e seus afluentes. A embarcação, que possui capacidade para 5.500 TEUs, realizou sua primeira viagem neste trecho com destino a Manaus, em setembro, transportando cerca de 41 mil toneladas de carga, um recorde para a região.

O MOSAR, como é chamado pela tripulação, possui 272 metros de cumprimento, 40 de largura e 13,5 de calado máximo, parte do casco entre a superfície da água e parte mais baixa da quilha do navio. Sob o comando do Cte. Deepak Kukreti e do Imediato Paulo Roberto Jupy, a embarcação navegou cerca de 54 horas, entre Macapá (AP) e Manaus (AM), passando pelos rios Amazonas, Solimões e Negro, atracando no Porto Chibatão.

“Esta viagem é um marco importante para a empresa e para a região. Transportamos 1.850 contêineres de carga doméstica para abastecer as indústrias da Zona Franca de Manaus. Dentre elas, temos os principais produtos produzidos em nosso País, como por exemplo, arroz, farinha de trigo, café, bebidas, cerâmica, papel, produtos farmacêuticos, produtos de limpeza, além de outros oriundos da Ásia”, comenta Erick Lourenço, gerente da Aliança na região Norte.

Sobre a Aliança Navegação e Logística

Fundada em 1950, a Aliança Navegação e Logística integra o grupo Hamburg Süd, que agora faz parte da Maersk Line, líder mundial em logística de contêineres. A frota de 11 navios no serviço de cabotagem – incluindo alguns de 3.800 TEUs – conecta 15 portos de Buenos Aires a Manaus, realizando mais de 100 escalas mensais. A Aliança é líder em cabotagem na América do Sul, transportando commodities que vão de gêneros alimentícios a metais, contemplando clientes de diversos segmentos.

Imprensa Aliança

DFREIRE Comunicação e Negócios – www.dfreire.com.br