MOSCA DA CARAMBOLA-Ministério da Agricultura libera áreas para exportação de frutos em Roraima

Segundo o diretor de Defesa Vegetal da Aderr, Marcelo Parisi, 12 mil toneladas de citrus já estão sendo preparadas para serem exportadas para Manaus

O Mapa ( Ministério da Agricultura) divulgou na manhã desta sexta-feira, 06, por meio do Dou (Diário Oficial da União), nova resolução para controle e liberação de áreas onde há produção de fruticultura. Com isso, os produtores do Estado poderão exportar seus frutos para outros mercados, mediante apenas a emissão pela Aderr (Agência de Defesa Agropecuária) do Certificado Fitossanitário de Origem.

Os municípios de Alto Alegre, Amajari, Normandia, Pacaraima e Uiramutã , além do norte de Boa Vista (acima do igarapé Murupu) e norte de Bonfim, de acordo com a resolução nº 8, estarão em quarentena da mosca da carambola.

Técnicos da Aderr vão intensificar o controle do trânsito de frutas dessas localidades para evitar que a praga chegue a locais onde não há ocorrência.

LIVRES PARA EXPORTAÇÃO

Os municípios do sul do Estado estão livres para exportar os frutos, conforme informou o diretor de Defesa Vegetal da Aderr, Marcelo Parisi. Ele ressaltou que 12 mil toneladas de citrus já estão sendo preparadas para serem exportadas para Manaus (AM).

“Será gerada uma receita de R$ 15 milhões para os produtores. Algo muito relevante  para nossa economia”, disse.

BARREIRAS REATIVADAS

Postos de vigilância fitossanitária foram reforçados para impedir a disseminação da praga em Roraima. Barreiras em Alto Alegre, Bonfim, Vila Recrear (localizada na RR-205, a cerca de 30km de Boa Vista), Passarão, Murupu e no Jundiá funcionarão 24 horas/dia com fiscais da Aderr e policiais militares.

ELIAS VENÂNCIO

Foto: Arquivo/Secom