Navios da Rússia e EUA quase colidem no Mar Arábico

Essa não é a primeira vez que forças militares dos EUA e da Rússia se acusam de comportamento provocativo.

Um navio da Rússia se aproximou bastante de uma embarcação dos Estados Unidos durante um encontro acalorado, nesta quinta-feira (9), no Mar Arábico.

O Pentágono denunciou, nesta sexta-feira (10), manobras “agressivas” da Marinha da Rússia. De acordo com o órgão, o navio russo ignorou sinais de alerta.

Em um comunicado, a Marinha norte-americana informou que o destróier “USS Farragut” conduzia operações de rotina quando o navio militar russo se aproximou. 

O Farragut disparou uma série de sinais de alerta de colisão e pediu que a embarcação russa alterasse o curso, mas os alertas foram inicialmente ignorados, ainda segundo o Pentágono.

O Ministério da Defesa da Rússia disse, por sua vez, que o destróier dos EUA estava conduzindo manobras perigosas e acusou a tripulação norte-americana de agir de maneira “não-profissional”.

Por Renova/ Informação Gazeta do Povo.