Roselis de Sousa é reconduzida ao cargo de Ouvidora-Geral do MPRR

O Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado de Roraima (CPJ/MPRR) reconduziu na tarde desta segunda-feira, 10 de junho, a Procuradora de Justiça Roselis de Sousa, ao cargo de Ouvidora-Geral.

Roselis foi eleita por seus pares no último dia 24 de maio para o biênio 2019/2021. A sessão solene de posse ocorreu na sala do Conselho Superior e foi presidida pela Procuradora-geral de Justiça, Janaína Carneiro Costa.

A Ouvidora destacou que ficou muito satisfeita com a experiência vivenciada nos últimos dois anos no cargo e por isso buscou a recondução. “O contato com a ouvidoria e com o direito sistêmico me trouxe uma ótica maior sobre o atendimento humanizado e estamos com vários projetos para que possamos aperfeiçoar nosso trabalho nesse sentido. Queremos oferecer um curso técnico aos servidores da Instituição para desenvolver o atendimento assertivo e empático para o nosso público externo e do próprio órgão ministerial”, enfatizou a Ouvidora.

Para o Procurador de Justiça e presidente da Associação do Ministério Público do Estado de Roraima (Amper), Alessandro Tramujas Assad, umas das principais funções da Ouvidoria é de aproximar a sociedade do MP. “A Doutora Roselis cumpre esse papel de maneira exemplar. Em nome da Amper eu quero parabenizá-la e dizer que fez um ótimo mandato e, com certeza, esse será brilhante”, destacou o presidente.

A Procuradora-Geral de Justiça finalizou a cerimônia ressaltando que Roselis de Sousa apresentou  um perfil resolutivo de atuação à frente da Ouvidoria, trazendo prontamente solução para os problemas apresentados.

“Quero lhe desejar êxito nos próximos dois anos, agradecer pela parceria que temos desenvolvido e ressaltar que a Ouvidoria tem um papel muito importante. Por meio dos seus canais, a Ouvidoria pode fazer com que possamos olhar para dentro da Instituição e ver o que podemos aprimorar.  Nessa linha, e a pedido da Ouvidora Roselis, temos criado espaços mais humanizados, atualmente temos um espaço para atendimento individualizado da vítima”, concluiu a PGJ.

Ouvidoria-Geral
A Ouvidoria tem por objetivo contribuir para o aperfeiçoamento e melhoria contínua dos padrões e mecanismos de transparência, presteza, eficiência e segurança das atividades desenvolvidas pelo Ministério Público do Estado de Roraima, bem como o fortalecimento da cidadania, com a criação de canais permanentes de comunicação e interlocução entre a Instituição e a sociedade.

Instituída pela Resolução nº 003 de 01 de junho de 2010, a Ouvidoria-Geral do Ministério Público detém independência funcional em relação aos demais órgãos da Instituição, atuando em regime de cooperação com eles, sem vínculo de hierarquia funcional.

Perfil

Roselis de Sousa é natural de Florianópolis, Santa Catarina. Bacharel em Direito pela Fundação de Ensino doPólo Geoeducacional do Vale do Itajaí (FETEVI). Ingressou na carreira como membro do Ministério Público do Estado de Roraima em 1992, por intermédio do primeiro concurso público de provas e títulos.

Atuou como Promotora de Justiça Substituta nas comarcas de Caracaraí e Boa Vista. Após as promoções de 1ª e 2ª Entrância, recebeu atribuições junto às promotorias de Processo Crime e Execução Penal, Patrimônio Público e 3ª Vara Criminal.

Em 1998 foi promovida por critério de antiguidade ao cargo de Procuradora de Justiça. Foi Membro do Conselho Superior do MPRR no biênio 2003/2004 e Corregedora-Geral nos biênios 2005/2007 e 2007/2009.

Entre 2009 e 2010 exerceu o cargo de Secretária-Geral do MPRR. Em maio de 2017 assumiu a Ouvidoria-Geral do MPRR no biênio 2017/2019. Roselis de Sousa também é titular da 2ª Procuradoria de Justiça Criminal.

 

Asessoria de Comunicação Social