Banco distribuiu 130 milhões por engano no dia de Natal no Reino Unido

A filial britânica do banco Santander distribuiu, por engano no dia de Natal, 130 milhões de libras (mais de 150 milhões de euros), que pretende recuperar, confirmou a Agência France Presse (AFP).
Banco distribuiu 130 milhões por engano no dia de Natal no Reino Unido

No dia 25 de dezembro, devido a um “problema técnico”, 75 mil pagamentos feitos por cerca de dois mil clientes profissionais do banco foram duplicados nas contas dos seus beneficiários, assumiu o Santander num comunicado enviado à AFP, confirmando a informação avançada pelo jornal britânico The Times.

As transações efetuadas a dobrar foram diretamente debitadas do banco e “nenhum cliente, em algum momento, pagou do seu bolso”, garantiu o Santander, referindo estar a trabalhar “com vários bancos em todo o Reino Unido para recuperar” as quantias em causa.

Os beneficiários das transferências foram sobretudo trabalhadores ou fornecedores de algumas empresas clientes do Santander, que assim receberam o salário ou pagamentos a dobrar.

As transferências foram feitas para contas de vários outros bancos britânicos, algo que, segundo o The Times, complica a recuperação do dinheiro.

O Santander disse ter “rapidamente identificado e corrigido” o problema de planificação que esteve na origem dos pagamentos errados, acrescentando que abriu com os bancos beneficiários um “procedimento de recuperação de erro bancário”.

A filial britânica do banco espanhol Santander tem 14 milhões de clientes e registou um lucro líquido de mais de um bilhão de libras nos primeiros nove meses de 2021.

Por Lusa