Carlos denuncia ‘movimento orquestrado’ de ‘ONGs vagabundas’

O presidente da República, Jair Bolsonaro, abre, nesta terça-feira (22), a 75ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em discurso às 10 horas da manhã.

Pressionado por entidades estrangeiras por causa das queimadas recentes no Brasil, Bolsonaro usará o discurso de abertura para rebater críticas de que seu governo segue inerte na questão ambiental.

Bolsonaro, mais uma vez, deve afirmar que há uma perseguição contra o Brasil.

Na noite desta segunda-feira (21), em mensagem no Twitter, Carlos repudiou uma ação coordenada de organizações ambientais:

“Todas as ONGs vagabundas se organizando nas redes sociais para orquestrar panelaço contra o Presidente amanhã em seu discurso para a ONU. Este tipo de MOVIMENTO ORQUESTRADO jamais será investigado e nem será motivo de inquérito, óbvio! O LÍDER ELEITO DA NAÇÃO é alvo!”

Ainda nesta segunda, como noticiou a RenovaMídia, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, também denunciou “interesses ocultos” de nações, ONGs e personalidades em “prejudicar o Brasil”:

“As ONGs têm por trás potências estrangeiras para nos apresentarem ao mundo como vilões do desmatamento e do aquecimento do planeta. Pior, usam argumentos falsos, números fabricados e manipulados e acusações infundadas para prejudicar o Brasil.”

Fonte:O Painel