Ciclone mata dezenas ao devastar partes da Índia e Bangladesh

Ciclone mais forte em mais de uma década atinge Índia e Bangladesh. Mais de 2,4 milhões de pessoas buscam abrigo.

O ciclone Amphan, que é o mais forte a atingir o leste da Índia e de Bangladeshem mais de uma década, matou pelo menos 82 pessoas.

Equipes de resgate seguem¹ em busca de sobreviventes isolados em vilarejos litorâneos devastados, afetados também pela queda de linhas de energia e com grandes extensões de terra debaixo de água.

Apesar do alto número inicial de mortos, a extensão total das baixas e dos danos infligidos pelo ciclone a propriedades só será conhecida quando as comunicações forem parcialmente restabelecidas.

A maior parte das mortes foi causada² por árvores arrancadas por ventos que chegaram a 185 km por hora e por uma maré de tempestade de cerca de 5 metros que inundou áreas costeiras baixas quando o ciclone passou diante do Golfo de Bengala na quarta-feira (20).

Abrigos adicionais estão sendo preparados em mercados e edifícios na Índia e em Bangladesh, sempre tentando levar em conta o distanciamento social adotado para tentar conter o coronavírus. Máscaras estão sendo distribuídas³ a moradores de vilarejos.

Por Renova Midia