CORONAVÍRUS-Depois de diminuir casos suspeitos, Bonfim encerra lockdown

Após reduzir quase pela metade o número de casos suspeitos da covid-19 em Bonfim e de realizar um amplo trabalho de conscientização da doença, a quarentena obrigatória foi encerrada nesta quarta-feira (20). O número de pessoas monitoradas com sintomas gripais também caiu de 263 para 135.

Os serviços essenciais serão retomados a partir desta quinta (21) e parte do comércio pode reabrir. Contudo, o município segue com medidas restritivas e o toque de recolher às 20h. Também é obrigatório o uso de máscara na cidade. Bares, restaurantes e lanchonetes permanecem fechados, funcionando apenas com entregas.

De acordo com o prefeito de Bonfim, Joner Chagas (Republicanos), o bloqueio total surtiu o efeito desejado. “No início do lockdwon tínhamos 40 casos em análise para covid-19, hoje temos 30. Tínhamos três pacientes curados, hoje são 13. Também conseguimos conscientizar tantos os moradores da sede do município quanto das vilas no interior, que estavam transitando normalmente pelas ruas e sem máscara. Agora, os moradores só saem de casa quando necessário e de máscara”, disse.

Joner explica que a medida drástica foi necessária para evitar o colapso do sistema de saúde municipal. “Naquele momento, estávamos com um número insuficiente de profissionais de saúde. Alguns, mesmo com EPI, foram infectados. Graças a Deus eles já estão se recuperando e alguns até retornaram ao trabalho. Além disso, estamos realizando um seletivo para contratar mais profissionais de saúde”, esclareceu.

O município ainda estava na curva crescente do vírus, com número cada vez maior de infectados. Fechando as barreiras, os moradores não puderam ir a Boa Vista, que concentra o maior número de casos da doença e nem boavistenses puderam entrar em Bonfim. “Hoje já diminuímos o número de testes recolhidos, distribuímos álcool em gel 70% e máscaras para toda a população”, disse o prefeito Joner Chagas.

Fim do bloqueio – Conforme o decreto 108/2020, “todas as atividades retomadas devem observar os critérios de distanciamento mínimo de 2 metros entre pessoas, higienização do ambiente, disponibilidade de máscaras e álcool em gel 70%, entre outras medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias e de saúde”.

Supermercados, mercearias, açougues, lojas de materiais de construção, de roupas e papelarias, podem funcionar das 8h às 18h. Oficinas, borracharias, lavanderias e hotéis poderão ter seus serviços retomados. Farmácias, postos de combustíveis e padarias poderão ter horário de funcionamento normal.

Os bancos, lotéricas e correspondentes bancários devem limitar o atendimento a dois clientes por vez, observando todas as medidas de higiene, distanciamento e cuidados recomendados, evitando a proliferação do coronavírus. O mesmo entendimento se estende às igrejas, templos e locais de cultos que retomarem suas atividades amparadas no decreto presidencial n. 10.292.

Continuam suspensas todas as demais atividades, como festas, aniversários, shows e reuniões, em ambientes fechados ou abertos, incluindo atividades esportivas ou de lazer, em campos, praias, rios e lagos, bem como qualquer tipo de aglomeração de pessoas. Os bares, restaurantes, hotéis e lanchonetes só podem funcionar com serviços de delivery ou drive thru.

O atendimento no serviço público não essencial será retomado, observando o limite de dois servidores por sala, em regime de escala e atendimento a uma pessoa por vez, sendo obrigatório o uso de máscaras por todos os servidores e usuários dos serviços públicos. Permanecem inalterados todos os serviços de saúde, segurança e em regime de plantão.

Continua o toque de recolher às 20h, enquanto perdurar a situação de calamidade no município, podendo ser estendidos até às 22h os serviços de delivery, observando as medidas de enfrentamento ao coronavírus. As barreiras sanitárias instaladas em Bonfim vão permanecer, com o objetivo de controlar o fluxo de pessoas consideradas suspeitas de infecção pela covid-19.

A orientação é que os moradores só saiam de casa em situações de extrema necessidade e, quando saírem, usem máscara. Também que mantenham as medidas de higiene, como lavar bem as mãos com agua e sábado e fazer uso de álcool 70%.

De acordo com o boletim epidemiológico publicado na noite desta quarta-feira, 46 moradores de Bonfim testaram positivo para o novo coronavírus, 33 estão em recuperação e 54 casos foram descartados. O município tem 130 notificações.

O não cumprimento das medidas estabelecidas no decreto será caracterizado como infração à legislação municipal, estando o infrator sujeito as penalidades e sanções.

Assessoria