Egresso do Mestrado em Letras da UFRR ganha prêmio de Melhor Dissertação

“Os cantos tradicionais Yek’wuana”, esse é o título da dissertação de Fernando Yekuana Gimenes, vencedora do Prêmio Dirce Côrtes Riedel Gestão 2020–2021 da Associação Brasileira de Literatura Comparada (Abralic). A pesquisa realizada pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Roraima (PPGL/UFRR) e foi orientada pelo professor Fábio Almeida de Carvalho.

A cerimônia de Premiação ocorreu na última quinta-feira (7) e pode ser assistida pelo canal da Abralic no YouTube. O prêmio Dirce Côrtes Riedel tem como objetivo reconhecer o mérito de trabalhos acadêmicos na área dos estudos literários, contemplando a melhor dissertação e a melhor tese defendidas entre março de 2019 e maio de 2021.

Fernando Yekuana destaca que a pesquisa é primordial para preservar e tornar conhecidos os “maravilhosos cantos do povo ye’kwana”. Os cantos tradicionais ye’kwana são elementos importantes para as formas da vida e da cultura desse povo da floresta, construtor de canoas e de muitas relações, conforme descrito na pesquisa. Acesse a dissertação na Página do PPGL/UFRR.

“Sinto-me feliz e agradeço a Wanadi por mais essa vitória. Agradeço ao professor Fábio por acreditar em mim, agradeço aos que leram e que escolheram a minha dissertação como melhor trabalho a ser apresentado na seleção do prêmio. Fico feliz pelo prêmio e me sinto valorizado. O povo ye’kwana agradece”, comemora.

Wanadi, a quem Fernando agradece, é considerado o supremo ser na tradição ye’kwana, o criador. O pesquisador também estende seus agradecimentos a toda comunidade Fuduuwaaduinha (localizada às margens do rio Auaris) que colaborou com o trabalho e à mãe nhã, que são pai, mãe, avós, pessoas sábias da comunidade.

“Com meu trabalho e com a ajuda do professor Fábio temos em mãos um prêmio para a contribuição junto à comunidade. Tem a minha formação como mestre, tem o que tenho aprendido, tem o envolvimento de muitos membros da comunidade que nos auxiliou quando estava coletando e traduzindo esses cantos. Ou seja, a contribuição é enorme porque acreditamos que quando registramos isso no papel, é uma forma de preservar também esses cantos tradicionais do nosso povo”, descreve.

Prêmio – Neste ano, foram 69 trabalhos inscritos, sendo 35 teses e 34 dissertações. O júri foi composto por professores e pesquisadores, de acordo com as regras do concurso estipuladas em edital específico. O prêmio valoriza o conhecimento produzido nos programas de pós-graduação brasileiros na área de Letras. Foram entregues os prêmios de melhor tese, melhor dissertação e menção honrosa. Confira todos os premiados na Página da Abralic.

 

Fonte:Coordenadoria de Comunicação Social da Universidade Federal de Roraima (CoordCom/UFRR)