Em reunião com apoiadores no Jardim Floresta, Arthur Henrique destaca avanços na Educação

Em conversa com apoiadores, que ocorreu no bairro Jardim Floresta, o candidato a prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique 15 (MDB), destacou os avanços que a educação municipal teve nos últimos oito anos. Arthur, que além de vice-prefeito, também foi secretário de Educação, acompanhou de perto todo trabalho que a gestão fez para  garantir a transformação dessa área.

Dentre eles estão:

– Construímos 40 escolas
– Reformamos e ampliamos outras 52 unidades
– Pagamos progressões e promoções
– Criamos GID E GIC (gratificações)
– Pagamos 14° e 15° salários
– Prêmio Meritocracia
– Capacitações permanentes
– Salas de aula climatizadas
– Mobiliários novos
– Equipamentos modernos como notebook, tablets, mesas pedagógicas, robô
– Construímos e reformamos creches
– Cinco refeições nas creches
– Merenda de qualidade, comprada de agricultores locais
– Construímos playgrounds com piso emborrachado
– Fizemos vários concursos para a Educação
– Implantamos o programa Compasso, com atividades diferenciadas com as crianças
– Instituímos programa Saber Igual, estruturando o ensino em todas as escolas
– Desde 2013 ultrapassamos a meta do IDEB
– Este ano, a escola do Cidade Satélite teve média igual a escola do Aparecida. Isso comprova o mesmo ensino, a mesma qualidade em todos os bairros.

“Podemos avançar muito mais e fazer o trabalho chegar onde ainda não chegou. O Arthur é a pessoa certa, preparada, que tem todo conhecimento para dar seguimento ao planejamento que fizemos para 10 anos. O trabalho da nossa gestão é feito com responsabilidade e compromisso com a população, por isso precisamos seguir com nosso planejamento”, disse a prefeita Teresa Surita.

Zélio Mota, que foi líder de Teresa na Câmara Municipal, ressaltou a importância da continuidade do trabalho da gestão e, que Arthur é o que Boa Vista precisa. “Ele está preparado porque tem conhecimento e experiência. Ele sabe o que fazer e como fazer, porque aprendeu com quem melhor poderia ensinar”, frisou.

Assessoria