Estácio vai debater “Captação de recursos para projetos sociais”

Com a finalidade de estimular nos acadêmicos a possibilidade de contribuir com os problemas de vulnerabilidade social no estado, a Estácio da Amazônia vai promover, nesta quinta-feira (19), um encontro online para discutir a importância da “Captação de recursos para projetos sociais”.

A iniciativa é do curso de Ciências Contábeis. De acordo com o coordenador do curso, professor Eduardo Merlim, o encontro tem diversas finalidades e uma delas é estimular nos jovens o desejo de se tornarem “grandes” cidadãos com um olhar voltado para questões sociais bem como preservação do meio ambiente ou inclusão social.

Além disso, a atividade também proporcionará aos acadêmicos uma forma de buscar recursos para experiências científicas que possam ser desenvolvidas nas comunidades mais carentes da cidade e do interior. “Por fim, ao aprender como elaborar projetos para captação de recursos, os alunos também abrem um leque de oportunidades no terceiro setor, que está em plena expansão, pensando dessa forma na inclusão no mercado de trabalho ainda na faculdade”, destaca.

Ele ressalta ainda que tanto o Governo Federal, Estadual como Municipal possuem recursos e constantemente abrem editais para financiar projetos. “O que ocorre hoje é que onde o Estado não consegue chegar, por conta da burocracia própria do serviço público, o terceiro setor é convidado a participar e contribuir. Portanto, esse olhar é uma forma também de garantir um emprego para os recém-formados, desde que sabia como fazer e saiba também prestar contas. No encontro, nós vamos apresentar alguns exemplos de editais que estão abertos”, informou.

A atividade será desenvolvida por meio de palestras com professores da Estácio e da Universidade Federal de Roraima, que já possuem know how na área e podem contribuir na discussão sobre o tema. Além disso, a Estácio convidou a diretora do Centro Social José José Luiz Lira, Mariana Barros. A instituição é responsável por atender mais de 200 mil famílias por meios de projetos sociais em Roraima.

O bate papo está marcado para começar às 16h, e é aberto aos alunos de todos os cursos da Estácio.

Assessoria