FORMAÇÃO REGIONAL Defensoria abre vagas para o curso de Escrita Científica nas Instituições da região Norte

O curso será ofertado para servidores das sete Defensorias Públicas Estaduais do Norte

A DPE (Defensoria Pública do Estado), por meio do CEAF (Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional), abre inscrições para o curso especial de produção de artigos científicos. As vagas são, exclusivamente, para a comunidade interna das Defensorias Públicas Estaduais da região Norte.

As inscrições vão até o dia 25 de setembro e podem ser feitas pelo e-mail oficial do CEAF (ceaf@rr.def.br). No ato da matrícula, os dados informados são: nome completo, RG, CPF, data de nascimento, cargo/função na Defensoria que atua e contato telefônico.

Para o curso, serão disponibilizadas cinco vagas para cada Instituição do Norte, totalizando 35 inscritos. As aulas têm como objetivo capacitar e habilitar os servidores para a elaboração e a publicação de produções científicas.

As aulas devem ocorrer na terça, quarta e quinta-feira, das 15h às 16h40 (horário de Brasília). O curso terá duração de cinco semanas e será realizado através de videoconferências, que irão abordar temas como a ética na pesquisa e todos os passos que compõem a construção de um artigo científico.

O assessor jurídico do CEAF, Vilmar Silva, explica que a realização do curso será um passo importante a ser feito antes do lançamento da revista científica regional da Defensoria. “Ao prepararmos o projeto da revista, percebemos que antes será importante discutir e viabilizar a produção científica entre os nossos colaboradores. Dessa forma, estaremos fortalecidos para as pesquisas em nossas Instituições”, afirmou.

A proposta do curso também ressalta a importância da visibilidade das produções científicas inseridas no contexto nortista e a unificação das Instituições Públicas. Através das pesquisas realizadas nas sete Defensorias que compõem o Norte do país, a disseminação do conhecimento e o debate das diferentes realidades da região podem ganhar mais espaço dentro das academias e abranger as comunidades externas.

Também responsável por ministrar as aulas do curso, Vilmar Silva, prevê que novas iniciativas como essas podem ser oferecidas aos colaboradores futuramente. “Já ministrei o mesmo curso anteriormente em Faculdades e também na Defensoria de Roraima. Dessa vez, as aulas serão realizadas de forma virtual, e é um ponto positivo para que cursos de elaboração de papers e resenhas críticas também possam acontecer em breve”, pontuou.

ASCOM DPE