GOVERNO PRESENTE Ação leva atendimentos aos moradores do bairro Asa Branca

O Governo Presente, do Programa Estado Seguro – Polícia na Rua, ocorreu neste sábado, 27, na Escola Estadual Major Alcides, no bairro Asa Branca, com oferecimento de vários serviços aos moradores do bairro Asa Branca.

O governador Antonio Denarium, que tem acompanhado a ação todos os sábados, falou da importância de levar esses atendimentos à população.

“É o governo presente, uma ação do Governo do Estado que estará todos os sábados em um bairro diferente da capital, levando o mutirão da saúde, emissão de carteira de identidade. Estamos trabalhando muito para que toda a população seja bem atendida na saúde, na segurança, na educação, na infraestrutura e no social”, garantiu o governador.

Um dos coordenadores do programa Governo Presente, Ronald Brasil, explicou que o objetivo é levar os serviços públicos para perto da população.

“Na semana passada, a ação ocorreu no Residencial Vila Jardim, na Escola Madre Teresa Parodi, com atendimento de saúde, serviços jurídicos, sociais e de regularização fundiária, entre outros. O projeto pretende andar toda a capital em vários finais de semana seguidos. Serão cinco ações ainda neste ano de 2021. Teremos uma pausa somente para o final do ano e os serviços continuarão em 2022”, disse Ronald.

OS SERVIÇOS

Como forma de estimular os produtores da agricultura familiar, a Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) está presente na ação com a venda de produtos, dentre eles, banana, melancia, abacaxi e peixe.

 

“Esse projeto é um presente para a sociedade, porque vai passar em cada bairro da capital e depois no interior. A feirinha da Seapa traz os produtos que a agricultura familiar e agricultura indígena oferecem para a sociedade. Tudo fresquinho e de boa qualidade”, explicou o secretário de Agricultura, Aluízio Nascimento.

Graça Carvalho, da Defensoria Itinerante, falou que é bastante grande a procura pelos serviços que a Defensoria tem lavado durante o programa Governo Presente.

“A grande procura está sendo a segunda via das certidões de casamento e nascimento, porque, como o Instituto de Identificação está também emitindo a primeira e segunda via da carteira de identidade, então as certidões que estão danificadas o Instituto não aceita. Então eles pedem a segunda via e a pessoa vem conosco para solicitar. Mas também temos interdição/curatela, pensão alimentícia, reconhecimento de paternidade, divórcio e outros serviços”, disse.

O design gráfico Bruno Coelho Mota, 42 anos, procurou atendimento na Defensoria para fazer a revisão de pensão. “Vim fazer uma revisão de pensão alimentícia e estou gostando do atendimento. As pessoas são bem instruídas, está tudo bem organizado, atendimento rápido. Está de parabéns a ação do Governo do Estado”.

Satisfação revelada também pelo estudante Alisson Oliveira, de 37 anos, que procurou o stand da UERR (Universidade Estadual de Roraima) e fez a sua inscrição para o vestibular, concorrendo a uma vaga para o curso de Medicina.

“O Governo de Roraima está de parabéns pela iniciativa de trazer esses serviços para a comunidade. Não apenas a inscrição, dando oportunidade para as pessoas se inscreverem para o vestibular, mas também o atendimento de saúde. Isso é muito importante para o nosso Estado e gratificante para nós da comunidade que estamos podendo participar dessa ação”.

Para quem, durante a semana, não tem tempo de sair do trabalho para levar os filhos para uma consulta médica, o atendimento no fim de semana veio atender essas famílias. É o caso da trabalhadora Hilmara Rodrigues, de 28 anos, que levou a filha Isadora Letícia, de 6 anos, para receber atendimento com o dermatologista.

“No meu ponto de vista, para nós que trabalhamos durante a semana, é muito importante esse atendimento que abrange toda a família nos finais de semana. Isso está tornando a saúde mais acessível para nós todos”, afirmou.

Para a venezuelana Marisol Garcia, de 50 anos, que está em Roraima há quatro anos e levou a mãe para receber atendimentos com oftalmologista, a ação é muito importante.

“Estou muito agradecida. Minha mãe foi atendida rapidamente. Foi tudo perfeito. É bom, porque nem todo mundo tem condição de ir ao médico, às vezes pega a senha e, mesmo assim, não consegue atendimento. Fiquei surpreendida com o atendimento rápido que deram para a minha mãe. Ela já foi encaminhada para a cirurgia. Deus abençoe esta iniciativa”.

 

SECOM RORAIMA