Pazuello estuda distribuir “kit Covid” que incluirá cloroquina

Após quatro meses no cargo de forma interina, Pazuello foi efetivado ministro da Saúde por Bolsonaro.

O presidente Jair Bolsonaro dá posse ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no Palácio do Planalto.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou, nesta quarta-feira (16), que o governo federal está avaliando a distribuição de um “kit Covid”, que incluirá a cloroquina, por meio do programa Farmácia Popular.

Pazuello deu a declaração em uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto, em Brasília, após ter sido efetivado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, como ministro da Saúde.

“O ministério pretende distribuir cloroquina na Farmácia Popular?”, indagou um jornalista a Pazuello nesta quarta.

O ministro da Saúde respondeu:

“Isso está sendo discutido também. No programa aqui tem farmácia popular, que é uma estrutura de não só cloroquina — todos os medicamentos do kit covid estão sendo discutidos para distribuir também na Farmácia Popular.”
Em discurso na posse de Pazuello, Bolsonaro disse que a administração precoce de cloroquina evitou o agravamento da doença em servidores do Planalto que contraíram o coronavírus:
“Neste prédio, aqui, aproximadamente, 200 pessoas foram acometidas pelo vírus. Não tive informação de nenhuma que foi sequer hospitalizada, porque, em grande parte, tomaram, não o ‘remédio do Bolsonaro’, mas o remédio que tinham.”

Fonte:Renova