Presidente da Colômbia conquista Prêmio Nobel da Paz 2016

Juan Manuel Santos (E), presidente da Colômbia, cumprimenta líder das Farc Rodrigo Londoño após acordo em Havana

Juan Manuel Santos (E), presidente da Colômbia, cumprimenta líder das Farc Rodrigo Londoño após acordo em Havana

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, ganhou o prêmio Nobel da Paz de 2016 nesta sexta-feira, em uma escolha surpreendente depois que os colombianos votaram “não” para o acordo assinado pelo governo com guerrilheiros das Farc para terminar com 52 anos de guerra.

Santos prometeu reviver o plano de paz apesar de os colombianos terem rejeitado o acordo em um referendo no domingo, por pouca diferença de votos. Muitos eleitores acreditam que o governo foi muito suave com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

“O prêmio também deve ser visto como uma homenagem ao povo colombiano”, disse a líder do comitê do Nobel da Paz, Kaci Kullman Five, ao anunciar o prêmio. Eleitores não disseram “não” à paz, e sim ao acordo, acrescentou Kaci.

O prêmio excluiu propositalmente o líder das Farc, Rodrigo Londoño, conhecido como Timochenko, que assinou o acordo com Santos.

“O fato de a maioria dos eleitores ter dito ‘não’ ao acordo de paz não significa necessariamente que o processo de paz está morto”, disse o comitê.

“Isso torna ainda mais importante que os lados, liderados pelo presidente Santos e pelo líder das Farc, Rodrigo Londoño, continuem a respeitar o cessar-fogo”, acrescentou.

O prêmio Nobel da Paz, no valor de 8 milhões de coroas suecas (930 mil dólares), será entregue em Oslo em 10 de dezembro.

FONTE: EXAME

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.