Região Norte-Em ano de Copa de Mundo, futebol perde espaço como símbolo de identidade nacional

Natureza é o que melhor define o país, seguida pelo seu povo, segundo pesquisa do Observatório FEBRABAN. Esporte foi o terceiro na preferência da região Norte, aponta o levantamento

Em ano de Copa do Mundo e eleições, o futebol vai disputar a atenção da população com vários temas relevantes para o brasileiro, que não coloca o esporte entre os símbolos mais significativos do país.

Essas são algumas das conclusões da 9ª edição do OBSERVATÓRIO FEBRABAN — Pesquisa FEBRABAN-IPESPE, que buscou investigar as percepções e expectativas para 2022 e os 200 anos da Independência política brasileira. O levantamento foi realizado entre os dias 19 a 27 de novembro, com 3 mil pessoas nas cinco regiões do país.

No Norte, quando perguntados sobre qual o melhor símbolo para traduzir o Brasil, 65% dos entrevistados disseram que a natureza é a definição mais precisa do país. Em seguida, os símbolos escolhidos foram o povo (27%) e o futebol, citado por 20% dos entrevistados. A dimensão continental do território foi citada por 18% dos entrevistados.

Questões econômicas a exemplo de desemprego e inflação, foram apontadas por 57% das pessoas, seguidas pelas eleições representadas por 40% dos entrevistados como um dos temas que mais irão mobilizar a população no ano que vem. Problemas sociais, como fome, pobreza e desigualdade, foram mencionados por 26% do total. Apenas 16% dos ouvidos pela pesquisa consideram que a Copa do Mundo será o tema que mais vai movimentar 2022.

Fonte:Manu Vergamini
Foto:Divulgação