DOR INTENSA Assistidos da Defensoria Pública recebem palestra sobre endometriose

Muitas mulheres desconhecem sobre o assunto e acham que é normal ter dor intensa durante a menstruação”, diz Socorro Santos 

Em alusão a Semana Estadual de Educação Preventiva e Enfrentamento à Endometriose, os assistidos da Defensoria Pública do Estado (DPE), por meio do projeto ‘Diálogo na Sala de Espera’, receberam na manhã desta quarta-feira, 13, uma palestra para falar sobre o assunto. O evento foi em parceria com a Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR).

Com duração de 15 minutos, a palestra abordou sobre os sintomas, tratamento e prevenção. A procuradora adjunta Especial da Mulher, Socorro Santos, destacou a importância de falar sobre a doença.  “Muitas mulheres desconhecem sobre o assunto e acham que é normal ter dor intensa durante a menstruação. Não é bem assim, isso pode ser um sinal do corpo que algo está errado, por isso é importante procurar um profissional especializado”, alertou.

O enfermeiro, Felipe Ramos, também um dos palestrantes, ressaltou sobre as dores causadas durante o período menstrual. “Um dos principais sintomas da doença é a dor intensa durante a menstruação. É fundamental que a mulher procure um médico para o diagnóstico e tratamento precoce. A doença pode ser tratada através de medicamentos, cirurgias e aplicação do DIU (Dispositivo Intrauterino)”, explicou Ramos.

  “Achei muito boa a palestra e pude esclarecer dúvidas. Inclusive, posso resolver os problemas das minhas filhas que sentem muita cólica e não sei como procurar ajuda”, disse a assistida Irla Maria Vieira, 40, que estava na sala de espera aguardando atendimento com um defensor público da área de família.

A Semana Estadual de Educação Preventiva e Enfrentamento à Endometriose foi criada pela deputada estadual, Lenir Rodrigues, por meio da Lei n° 1.111/2016.

  Assessoria de Comunicação

FOTO:Ascom DPE RR