AGRONEGÓCIO- Exportações de soja pelos portos do Paraná crescem 59% no 1º semestre

As exportações de soja pelos portos de Paranaguá e Antonina, no Paraná, aumentaram 59% no primeiro semestre de 2020 em comparação com igual período do ano passado, somando 9,2 milhões de toneladas. Entre janeiro e junho de 2019, 5,8 milhões de toneladas do grão tinham sido embarcadas pelos portos paranaenses, segundo nota da Portos do Paraná. Os embarques ao exterior da oleaginosa representaram 33% de toda a movimentação de cargas até junho pelos portos do Estado.

Outro produto agrícola cujas exportações cresceram de forma expressiva foi o açúcar. Entre janeiro e junho deste ano, mais de 1,5 milhão de toneladas, em saca e a granel, foi carregado nos portos paranaenses, 70% a mais do que no intervalo correspondente de 2019. As exportações de óleo de soja em 2020 superaram em 45% o volume dos seis primeiros meses do ano passado, chegando a 631,4 mil toneladas.Playvolume00:00/00:00Truvid

Entre as importações de cargas por Paranaguá e Antonina, os destaques foram carga geral, cujo volume importado de janeiro a junho foi 12% superior ao apurado no primeiro semestre do ano passado, e fertilizantes, que cresceu 8% na mesma base de comparação. Os adubos foram os principais granéis sólidos importados pelo Paraná – até junho, 4,4 milhões de toneladas de produto tinham chegado ao Brasil pelos terminais do Estado.

Considerando todos os tipos de cargas, os portos de Paranaguá e Antonina movimentaram 28,1 milhões de toneladas no primeiro semestre, 13% acima do registrado em igual período de 2019, de 25 milhões de toneladas. O crescimento mais expressivo foi o das exportações, 18%, alcançando 18,5 milhões na primeira metade deste ano.

Fonte:Terra