Conmebol proíbe Globo de entrar em estádio da final da Libertadores

Profissionais do grupo já estão na capital uruguaia; decisão causou desconforto

A Conmebol proibiu a entrada de profissionais do Grupo Globo no estádio onde será realizada a final da Copa Libertadores. Punição foi imposta depois que a empresa descumpriu regras de transmissão da entrevista concedida pelo técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, a jornalistas, em 28 de setembro. A partida será neste sábado (27.nov.2021), às 17h, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

O canal SporTV exibiu a entrevista de Abel ao vivo logo depois da classificação da equipe para a final do torneio. Porém, só canais que possuem os direitos de transmissão dos jogos podem transmitir as entrevistas ao vivo, e esse não é o caso do SporTV.

A entrevista foi exibida no Troca de Passes, depois do empate em 1 a 1 entre Atlético-MG e Palmeiras, pela semifinal da Libertadores. O resultado classificou o time paulista, que vai disputar o título com o Flamengo. De acordo com o site Notícias da TV, um dos canais que tem os direitos reclamou para a confederação. Decisão foi tomada na semana passada e causou desconforto.

Agora, a Globo busca alternativas para conseguir colocar seus repórteres no estádio. Alguns deles já estão na capital uruguaia. Em 2020, o Grupo Globo decidiu rescindir o contrato de transmissão da Libertadores. A companhia afirmou que as suas finanças tinham sido prejudicadas pela pandemia de covid-19. O SBT transmitirá a partida deste sábado (27.nov.2021).

Fonte:poder360.com.br